Blog de Cláudio Goes


                               Grupo Carajás faz doação de TVs para a ACI

Os equipamentos, doados para a Associação Campinense de Imprensa, serão sorteados em favor de associado com problemas de saúde             

                           

                                             

O presidente da Associação Campinense de Imprensa, ACI, Fernando Soares, acompanhado do jornalista Claudio Goes, recebeu, nesta quinta-feira, 24, a doação de dois aparelhos de TV digitais, de 32 polegadas, completos, doados pela loja Carajás Home Center de Campina Grande.

 Os equipamentos serão usados em uma campanha beneficente em favor do associado Jorge Elias Lobato Cavalcante, que enfrenta problemas de diabetes.

A doação dos televisores foi feita pelo diretor do Grupo Carajás, Alex Mendonça, atendendo solicitação do secretário de Esporte e Lazer da Prefeitura de Campina Grande, Gustavo Ribeiro, que destacou o trabalho da atual diretoria da ACI em favor dos associados da entidade. 

O empresário Alex Mendonça disse que atendia ao pleito da ACI por reconhecer o valor do trabalho que a imprensa realiza, se colocando a disposição da Associação Campinense de Imprensa para futuras parcerias sociais.



Escrito por Claudio Goes às 19h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Fonte: Heinrich Aikawa/Instituto Lula


Gestor no período mais corrupto da história do Brasil admite: 

Para Lula, a política está desmoralizada e apodrecida.

Por Carla Araújo - Estadão

Praia Grande (AE) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a defender a necessidade de uma reforma política no País. Em palestra nesta terça-feira, 22, para cerca de 400 líderes sindicais ligados à Federação dos Químicos, na Praia Grande (SP), Lula disse que a política “está desmoralizada”. “Eu diria até apodrecida”, afirmou, ressaltando que o Brasil não pode permitir que se criem partidos de aluguel.

Lula defendeu a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição, argumentando que ainda há muito a ser feito. “Não me contento com o que a gente fez, numa escala de dez degraus, subimos só dois”, afirmou em palestra no 8º Congresso da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (Fequimfar).

Segundo Lula, agora é o momento de pensar “o que queremos ser daqui para frente”. “Não existe a possibilidade de esse País não ir pra frente, de ter retrocesso”, afirmou. “Precisamos levantar a cabeça e fazer reflexão profunda. O País tem que continuar andando para frente”.

Fonte: Reprodução/Terra

Fonte: Reprodução/Terra

O ex-presidente aproveitou seu discurso para defender a política econômica do governo petista, mas admitiu que o crescimento do País é modesto. “É verdade que economia não está crescendo tanto, eu gostaria que estivesse crescendo 4%, 5%”, disse. “Mas o comércio do mundo diminuiu, a China, que crescia 14%, está crescendo 7%”, completou.

Lula alfinetou, na fala, os “países ricos” e disse que a crise mundial aconteceu “no coração” deles. “(Países ricos) Poderiam ter humildade e perguntar para nós que nós ensinamos (como sair da crise)”, afirmou. Segundo ele, o governo Dilma Rousseff está atento e não deixará a inflação fugir da meta e que ela está assim “há doze anos”. “Quem já viveu inflação como nós não quer que ela volte. Se tem alguém que perde com a inflação é quem vive de salário”, afirmou. “É por isso que a Dilma cuida disso (controle da inflação)”.

A Fequimfar, que é ligada à Força Sindical, apoiou Lula e Dilma nas últimas eleições. Este ano, no entanto, ainda não há uma definição, mas a diretoria da Força declarou apoio ao candidato Aécio Neves (PSDB). A entidade representa mais de 180 mil trabalhadores.



Escrito por Claudio Goes às 16h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




No 'terreiro de Cássio', o tucano Aécio é lanterna.

Assim como nas eleições presidenciais de 2010, quando a candidata petista Dilma Rousseff amargou um humilhante último lugar na Paraíba, em 2014, quem segura o bastão de lanterna é Aécio Neves, candidato do tucano Cássio Cunha Lima, que lidera pesquisas pelo governo do estado.

O instituto Datafolha aponta que Aécio Neves, PSDB, com 40%, e Eduardo Campos, PSB, com 38%, podem disputar um segundo turno com a candidata do PT, Dilma Rousseff.

                                         

São Paulo (AE) – Na primeira pesquisa eleitoral feita após a derrota do Brasil na etapa final da Copa do Mundo, a taxa de intenção de votos na presidente Dilma Rousseff oscilou dois pontos porcentuais para baixo. Segundo o instituto Datafolha, ela tem 36% das intenções de voto, contra 20% para Aécio Neves (PSDB) e 8% para Eduardo Campos (PSB).

Em um eventual segundo turno contra o tucano, a petista teria 44%, e seu adversário, 40%. Como a margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, os dois estão empatados tecnicamente – mas no limite da margem, ou seja, é estatisticamente improvável que ambos tenham a mesma taxa. Em um confronto direto com Eduardo Campos, a presidente venceria por 45% a 38%.

Fonte: Divulgação/Datafolha

Fonte: Divulgação/Datafolha

A pesquisa anterior do Datafolha, feita durante a Copa, havia detectado um crescimento de quatro pontos porcentuais na intenção de voto em Dilma, em comparação com o levantamento realizado um mês antes, no início de junho (de 34% para 38%).

O número de junho, porém, foi um ponto fora da curva. Na pesquisa Datafolha de maio, Dilma tinha 37%, patamar próximo ao atingido em julho. O mau resultado da época pode ter relação com a série de greves e manifestações ocorridas no País naquele momento. Dois levantamentos do Ibope. feitos um pouco antes e logo depois. mostraram a presidente com 39% e 38%, respectivamente – ou seja, em uma situação de estabilidade, não de oscilação.

A partir de meados de junho, o cenário político foi tomado pelo clima do futebol. Logo na abertura do evento da Fifa, a presidente Dilma Rousseff foi vaiada e xingada por parte do público presente no estádio do Itaquerão. Em um primeiro momento, Aécio e Campos afirmaram que as vaias seriam consequência do que a presidente havia “plantado” ao longo do tempo. O tucano, porém, recuou horas mais tarde, e escreveu em sua página no Facebook que, apesar das críticas que tem feito ao governo de sua adversária política, os limites do respeito pessoal não deveriam ser ultrapassados durante a campanha. “No que depender de mim, o debate eleitoral se dará de forma respeitosa”, escreveu, na época.

Fonte: Divulgação/Datafolha

Fonte: Divulgação/Datafolha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por sua vez, creditou as ofensas a Dilma à “elite” presente no estádio. O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, porém, disse que a manifestação não partiu apenas da “elite branca”.

“Essa coisa desceu, (essa coisa) de que nós somos um bando de aventureiros que veio aqui para se locupletar, essa história pegou, na classe média, na elite, e vai descendo (a outras classes sociais), porque não conseguimos fazer contraponto”, afirmou Carvalho, em debate com blogueiros e ativistas. “Esta eleição agora vai ser a mais difícil de todas, porque enfrenta o resultado desse longo processo.” Na final da Copa, no Maracanã, Dilma voltou a ser hostilizada pela torcida, ao entregar a taça à seleção alemã. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Escrito por Claudio Goes às 19h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




                                                Ônibus de graça para estudantes                                

                                                

Estudantes da rede estadual terão direito ao passe livre

Já está em vigor a lei que institui o passe livre para estudantes da rede estadual de ensino da Paraíba.

Lenilson Guedes - Jornal da Paraíba

Os estudantes da rede estadual de ensino terão direito ao passe livre no Sistema de Transporte Público Coletivo no Estado da Paraíba. É o que prevê a lei nº 10.347, de 9 de julho de 2014, publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (10). De acordo com a norma, os recursos do Passe Livre Estudantil serão provenientes do Orçamento Estadual, como também daqueles decorrentes de convênios com a União.

O texto dispõe que o benefício será limitado a 60 viagens por mês e por estudante, durante o período letivo. O autor da lei é o deputado estadual Anísio Maia (PT), que em sua justificativa lembrou a luta do Passe Livre em todo o país.Segundo ele, "o Poder Executivo Estadual não pode fechar os olhos para essa luta que vem das bases, nem, tampouco, ser a última esfera de governo a reconhecer esse direito legítimo da classe estudantil".

O projeto de lei, no entanto, não foi sancionado pelo governador Ricardo Coutinho. A tarefa coube ao presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo.Para o presidente da Associação das Empresas de Transportes Coletivos de João Pessoa (AETC), Mário Tourinho, a lei só poderá ser aplicada nos transportes intermunicipais, tendo em vista que a competência para estabelecer medida desse tipo no âmbito do transporte urbano municipal seria da Câmara de Vereadores.

O superintendente do sindicato das empresas de transporte de passageiros do Estado, José Augusto Morosini, disse que vai aguardar a regulamentação da lei para saber como será a sua aplicação na prática. "Vamos aguardar a regulamentação", afirmou.



Escrito por Claudio Goes às 09h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




              Sexo, violência e drogas em nome do Santo.

O festival de São Firmino em Cádiz, na Espanha, é uma festa símbolo da cultura espanhola, que atrai milhares de turista, apesar dos protestos de grupos pelos direitos dos animais. O evento, além de maus tratos a animais, é marcado pelos excessos de sexo, violência e drogas.

                                 

                                   

                                                   

                                      

                                      

                                         



Escrito por Claudio Goes às 18h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Imprensa prostituída

Por Emerson Saraiva

   Nesse processo de definição das coligações para as eleições de outubro só uma classe profissional sai mais desgastada do que a dos políticos, que, em sua grande maioria, ultrapassaram todos os limites da ética, da moralidade, da honestidade e do respeito ao povo: a dos JORNALISTAS.

Em meio a uma imensa minoria de profissionais que ainda se dão ao respeito e exercem de maneira honrada a profissão, assim como na classe política, no meio jornalístico o processo de formação das chapas que concorrerão nas próximas eleições tem ocorrido, sem qualquer apontamento de culpa ou dolo, como uma verdadeira suruba ideológico-programática.

Na ânsia de arregimentar alguns pageviews, curtidas e compartilhamentos, jornalistas e veículos estão se dispondo a tudo. Boatos se transformam em fatos, possibilidades se transformam em decisões definitivas, fontes sem qualquer credibilidade estão sendo tratadas como partícipes privilegiados dos acontecimentos que relatam, às vezes protagonizados por atores que sequer os conhecem, quanto mais lhe dão confiança para repassar informações exclusivas.

A apuração, regra basilar do bom e até do mau jornalismo, foi simplesmente esquecida, ignorada e até repelida pela maioria dos nossos comunicadores. Confirmação por fonte transversa está sendo vista como empecilho e não condição para a publicação da notícia.

A tática mais corriqueira, praticada pela maioria dos veículos, é divulgar em momentos distintos todas as teorias possíveis, sempre com uma chamado do tipo "BOMBA", "EXCLUSIVO" ou "AGORA", com a segurança de que no final uma delas vai vingar - por que uma delas tem que vingar - e basta ressaltar que o veículo - ou "jornalista" - "cantou a pedra".

A verdade - ou versão mais verossímil - é que a imprensa paraibana mudou completamente o conceito corrente de notícia nos últimos meses. Notícia na Paraíba é qualquer coisa que gere moído, discussão, polêmica, audiência e repercussão, independente de qualquer relação entre o que é divulgado e o que efetivamente aconteceu.



Escrito por Claudio Goes às 09h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   

As 500 cidades mais perigosas do Brasil – versão 2014

Caracaraí, em Roraima, foi a cidade mais violenta do país.

Na Paraíba, Santa Rita é a 16º, Conde, 26º, Cabedelo, 46º; Patos é a 57º.

A Capital, João Pessoa, é a 61º mais violenta. Campina Grande pontua em 181º lugar, com uma média de 57,4 homicídios, taxa por 100 mil habitantes.

São Paulo – A cidade de Caracaraí (RR) passou a baiana Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, no ranking das cidades brasileiras com maior taxa de homicídios.

No município roraimense de 19 mil habitantes, o índice atingiu 210 para cada 100 mil habitantes, um recorde, segundo o relatório Mapa da Violência, que vem sendo feito anualmente desde 1998.

A versão 2014 do mapa ("Os Jovens no Brasil") foi divulgada nesta quarta-feira.

Em Caracaraí, houve uma explosão de assassinatos no ano em questão. Os sete registros de 2011 viraram 40 em 2012.

Com o recorde de 56,3 mil assassinatos em um único ano, a taxa do Brasil ficou em 29 casos/100 mil habitantes, um crescimento sobre os 27,1 de 2011.

O país é hoje a 7º nação mais violenta do mundo, de acordo com o relatório.

Os dados do Mapa da Violência foram retirados do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde.

Veja o ranking dos municípios com os piores índices em 2012

 CidadePopulaçãoHomicídios (2012)Taxa (por 100 mil hab.)
Caracaraí - RR19.01940210,3
Mata de São João - BA41.52762149,3
Simões Filho - BA121.416159131,0
16ºSanta Rita - PB121.994129105,7
26ºConde - PB22.1542194,8
38ºMari - PB21.2541989,4
46ºCabedelo - PB60.2265184,7
61ºJoão Pessoa - PB742.47856876,5
181ºCampina Grande - PB389.99522457,4

http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/as-500-cidades-mais-violentas-do-brasil-versao-2014?page=2



Escrito por Claudio Goes às 17h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Justiça determina que Ricardo devolva estrutura à Rômulo Gouveia

Juiz atesta, em seu despacho, que "A exoneração de todos os servidores comissionados e o corte do fornecimento de estrutura básica inviabilizam o funcionamento adequado das tarefas incumbidas à vice-governadoria".

O Tribunal de Justiça concedeu uma liminar, nesta quarta-feira (02), onde determina que toda a estrutura da vice-governadoria seja restabelecida. No último sábado (28), o vice-governador, Rômulo Gouveia (PSD), acordou e descobriu que seu trabalho como agente público estava totalmente inviabilizado, porque todos os seus assessores haviam sido exonerados. Além disso, os veículos à disposição do trabalho da vice-governadoria haviam sido recolhidos e até o telefone de Rômulo havia sido cortado. O fato aconteceu um dia depois de Rômulo ter anunciado rompimento com o governador Ricardo Coutinho (PSB).

O vice-governador, então, entrou com um Mandado de Segurança, no Tribunal de Justiça, e nesta quarta-feira o juiz Miguel de Britto Lyra Filho, acatou a liminar em favor de Rômulo Gouveia por entender que “a exoneração de todos os servidores comissionados e o corte do fornecimento de estrutura básica inviabilizam o funcionamento adequado das tarefas incumbidas à vice-governadoria, como também no atendimento dos interesses da sociedade, podendo, inclusive, acarretar prejuízos à população”.

Ao todo, foram exonerados 23 assessores de Rômulo Gouveia. Entre eles, chefe de gabinete, secretário e coordenador jurídico, funcionários primordiais para o funcionamento da vice-governadoria.

                                        



Escrito por Claudio Goes às 16h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O novo Cine São José foi reaberto ao público

O Cine São José foi Inaugurado em 1945. O cinema histórico da Rainha da Borborema fechou em 1983 e ficou desativado como ambiente de cultura durante 30 anos. Ontem, 01 de julho, Campina Grande viu reaberto o 'São José' completamente revitalizado e ampliado.

Foi investido mais de 3 milhões de reais na reforma de recuperação do prédio, que começou no ano passado, e que torna o equipamento um espaço multiuso para os segmentos culturais.

                             Confira os detalhes da obra. 

                                           

                                           

                                           

                                           



Escrito por Claudio Goes às 08h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




A festa de Biliu

O maior artista campinense, Biliu de Campina, foi o homenageado pelo Momento Cultural Junino, promovido pela Escola Estadual Nenzinha Cunha Lima.

O evento promoveu a participação da comunidade na escola, bem como a valorização da cultura local.

Ainda na programação do evento, ocorreram homenagens às mães dos alunos, apresentações culturais e homenagem ao artista da terra, Biliu de Campina.

                                        

                                        

                                        

                                        

                                        

Personagens campinenses que deram depoimento na homenagem ao artista Biliu de Campina: João de Arruda Câmara (João Rolinha); Anchieta Bernardino; o professor Antônio de Almeida e Adejardo Barbosa, amigos de infância do cantor.

                                 Comitê organizador

                                 Profº Antonio de Almeida

                                         Profº Antonio Pinto

                                         Profª GeruzaHerculano

                                         Profª Germania Magna

                                         Profª Glenda Hilnara

                                         Profª Isabelle Priscila

                                         Profª Kaligiana Farias

                                         Profª Terezinha de Jesus

                                         Diretora Rita de Cássia

                                         Vice-diretora Maristela Pereira



Escrito por Claudio Goes às 08h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Infográfico mostra o que acontece com os perfis de falecidos nas redes sociais

Criado pela empresa de webdesign WebpageFX, gráfico mostra dados estatísticos e tira dúvidas sobre as contas de mortos em sites como Facebook e Twitter

POR O GLOBO 
Durante os oito anos de vida do Facebook, quase 30 milhões de seus usuários morreram;
RIO — O que acontece com os perfis nas redes sociais após a morte de seus donos? Para elucidar a questão, a empresa americana de webdesign WebpagesFX montou um infográfico explicando exatamente como as empresas Facebook, Twitter, Pinterest, Linkedin e Google lidam com o tema. Enquanto todas as companhias garantem que os dados dos falecidos continuam a ser deles, o tempo de desativação da conta após a notificação da morte do dono do perfil por parentes pode variar.
                                                      

O gráfico levanta e responde quatro perguntas básicas sobre o tema: Quem passa a ser dono dos dados de um perfil após o seu dono falecer? Em quanto tempo um perfil de um falecido é desativado? O que acontece com o perfil digital de um amigo ou parente quando eles morrem? E outros usuários podem reivindicar o nome de usuário do falecido?

                                      

Infográfico responde dúvidas sobre os perfis dos falecidos nas redes sociais - REPRODUÇÃO

Facebook, Twitter, Pinterest, Linkedin e Google garantem que as informações dos seus usuários continuam a ser deles mesmo após a sua morte. No entanto, o Pinterest é a única rede que não apresenta nenhuma exceção quanto à regra: todas as demais companhias podem ceder as informações a familiares e amigos autorizados previamente pelo usuário falecido ou pela Justiça, em casos específicos.

Já o tempo de desativação da conta de alguém que morreu varia de acordo com o site. Enquanto no Facebook e no Linkedin ele é imediato após as empresas serem avisadas sobre a morte dos usuários, no Twitter o tempo é de seis meses após a notificação, e no Google, nove meses. No Pinterest, os perfis de falecidos nunca são desativados.

Em meio à dor e aos transtornos causados pela perda de um ente querido, familiares dos falecidos podem solicitar a desativação dos seus perfis digitais. Os documentos exigidos para o processo, no entanto, variam de acordo com a rede social. O Facebook exige qualquer documento que prove que o falecido é parente direto do solicitante; o Twitter pede o certificado de óbito do usuário e a sua identidade; o Pinterest exige o certificado de óbito do usuário e uma prova da sua relação com o solicitante; o Linkedin requer do nome do usuário, o nome da empresa em que ele trabalhava, além do link para o perfil do usuário e o seu e-mail; por último, a Google pede o certificado de óbito do usuário o conteúdo de um e-mail que tenha sido enviado pelo falecido em vida.

Apenas o Facebook e o Linkedin permitem que outras pessoas reivindiquem o nome de um usuário após a morte de seu dono.

Criado pelo designer Dan Shaffer, o gráfico ainda indica dados curiosos, como o fato de 30 milhões de usuários do Facebook terem morrido nos oito anos de existência da rede social mais popular do mundo. O número equivale a uma média de 428 mortes de usuários por hora, ou 312.500 pessoas por mês. Caso o Facebook pare de conquistar novos usuários, o número de perfis de falecidos na rede superará o de pessoas vivas em 2065 — no entanto, caso a rede continue a se tornar popular, os mortos superarão os vivos no ano 2130.



Escrito por Claudio Goes às 18h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Governo Estadual libera 2,5 milhões para UEPB

Verba será destinada para garantir serviços gerais e de limpeza


 

 

                                                       

Como resultado de negociação entre o reitor Rangel Junior e o governador Ricardo Coutinho, o Governo do Estado destinou uma suplementação orçamentária no valor de R$ 2,5 milhões para suprir as necessidades urgentes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Além desse socorro imediato, a UEPB terá assegurada a liberação mensal de um aporte na ordem de R$ 1,250 milhão para o custeio da Universidade até dezembro, totalizando o montante de R$ 10 milhões.

Segundo a pró-reitora de Gestão Financeira da Instituição, Giovanna Carneiro, o crédito orçamentário na ordem de R$ 2,5 milhões foi creditado na semana passada e será destinado para a contratação de empresa terceirizada de Serviços Gerais e de limpeza. Devido a falta de orçamento, a Universidade estava impossibilitada de renovar esses contratos. Agora, será possível efetivar o contrato, que está travado desde janeiro, com a empresa que ganhou a licitação e, assim, garantir o funcionamento do serviço.

No entanto, a pró-reitora enfatizou que os recursos não são suficientes para cobrir todas as despesas da UEPB no exercício de 2014. Segundo ela, a Universidade ainda se encontra em meio a uma crise financeira, uma vez que precisaria de um montante aproximado de R$ 54 milhões para suprir todas as suas necessidades de custeio, capital e pessoal.

A Universidade está aguardando a liberação de outros créditos para outros contratos que a Instituição precisa renovar, mas ainda não possui garantia orçamentária e financeira para arcar com eles, como o de segurança, por exemplo. De acordo com Giovanna, a UEPB também está sem crédito orçamentário para a maioria das despesas como água, luz, telefone, locação, material de consumo e auxílio alimentação.

A pró-reitora adjunta de Planejamento da UEPB, Pollyanna Xavier, salientou que o Governo Estadual se comprometeu com a Reitoria em equacionar os problemas e que a Reitoria já encaminhou ofícios Governo do Estado solicitando a liberação do orçamento e dos recursos financeiros para cobrir todas as despesas até o final do ano. A liberação dos novos créditos orçamentários pelo Governo do Estado era esperada desde início de maio e, neste momento, é um alívio para a Instituição em um período crítico, quando a Universidade estava prestes a parar as suas atividades.

“Os recursos aliviam um pouco a tensão, porque asseguram aquilo que é o funcionamento básico da Universidade. Resolveremos o problema com a contratação dos serviços terceirizados de limpeza e conservação”, disse o reitor, acrescentando que já determinou a contratação da empresa vencedora da licitação.

Outra necessidade emergencial para a qual a Universidade precisa dos créditos orçamentários diz respeito à segurança. “A UEPB precisa garantir as suas atividades. O que queremos é avançar no diálogo com o Governo e ter uma tranquilidade para o funcionamento da Instituição”, destacou Rangel Junior. Em audiência com o Secretário de Planejamento e Gestão, Thompson Mariz, foram apresentadas todas as demandas fundamentadas em documentos, processos e planilhas. “Agora vamos apostar em que sejam resolvidas estas pendências e possamos ter tranquilidade para que a UEPB possa desenvolver suas atividades sem atropelos”, acrescentou o reitor.



Escrito por Claudio Goes às 08h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Aprovação do governo Ricardo

Coutinho é igual ao de Dilma


Pesquisa realizada pelo Instituto Souza Lopes, em parceria com o Sistema Correio de Comunicação, revelou que 56% dos paraibanos aprovam a maneira como o governador Ricardo Coutinho (PSB) vem administrando a Paraíba, 37,1% desaprovam e 7% não sabem ou não opinaram.

Os números mostram um crescimento na aprovação da gestão do governador em relação à pesquisa Souza Lopes/Correio realizada há um mês, em que 51,6% dos paraibanos consultados aprovavam a administração, 41% desaprovam e 7,4 não souberam ou não opinaram.


A pesquisa quis saber também como o paraibano classifica a administração do governador Ricardo Coutinho até este momento. Do total, 10,3% classificam a gestão como ótima, 30,1% boa, 33,3% regular, 8% ruim, 16,3 péssima e 2,1% não sabem ou não opinaram.


A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 23 de maio nas quatro regiões geoadministrativas do Estado da Paraíba: Mata, Agreste, Borborema e Sertão. O Instituto Souza Lopes ouviu 1.500 eleitores de todas as faixas etárias. O erro amostral é de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%.


A pesquisa foi realizada com base em dados oficiais do censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). Está registrada no TRE-PB sob o número PB-010/2014 e no TSE, com o mero BR-00125/2014. O registro ocorreu no último dia 20.


Na pesquisa espontânea, a diferença

entre Cássio e Ricardo é de 10 pontos





Escrito por Claudio Goes às 09h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Cássio dá 'fugidinha' para assistir o Real ser campeão.

O senador paraibano, Cássio Cunha Lima, candidato tucano ao governo da Paraíba, não está nem ai com as especulações sobre a viabilidade de sua candidatura, baseada na Lei da Ficha Limpa. Ele comandou o seleto grupo de torcedores endinheirados que deram 'uma fugidinha' até Portugal para assitir o duelo final da Liga dos Campeões da Europa, sábado, no Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal, quando o Real Madrid sagrou-se campeão pela 10ª vez, derrotando o Atlético de Madrid por 4X1.

Um empreiteiro campinense, que fez parte da comitiva de torcedores, jura que Cássio 'consumiu' parte das unhas torcendo fervorosamente pelo time 'de Ronaldo', e quase veio às lágrimas com a conquista do Real.

Como todo programa de rico, a ideia de se deslocar até Portugal para assistir a eletrizante final do campeonato europeu surgiu de última hora. Estava previsto uma esticada da comitiva até o Principado de Mônaco, para prerstigiar o Grande Prêmio de Formula 1.

                               Foto da platéia do Estádio da Luz, em Lisboa.

                                           

Cássio Cunha Lima assistiu a final do campeonato europeu nas arquibancadas que ficam localizadas por trás do gol. No Amigão, por exemplo, na parte do estádio que dá para a saída da cidade de Queimadas. Ele é o cidadão que está em pé, de camisa verde limão, segurando um casaco amarelo.

___________________

                       Rômulo pressiona Ricardo sobre apoio ao Senado

                                   

O vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) revelou que vai conversar com o governador Ricardo Coutinho (PSB) para cobrar uma definição sobre a questão da sua pré-candidatura ao Senado.

- O governador mesmo na sua gentileza de dizer que eu jogo em qualquer posição, mas não existe isso, temos que definir e da minha parte já está definido – disse Rômulo.

Rômulo falou que pretende conversar o mais breve possível com Ricardo, pois não há mais condições da sua pré-candidatura ao Senado seguir indefinida.

- Precisamos bater o martelo e dizer à Paraíba que está firme a pré-candidatura de Rômulo Gouveia ao Senado – disse ele.

Paraibaonline



Escrito por Claudio Goes às 09h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Ibope: Dilma tem 40%; Aécio, 20%; e Campos, 11%

do UOL

 

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (22) mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) em primeiro lugar com 40% das intenções de voto para a eleição de outubro.

 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece em segundo lugar com 20%. O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, pré-candidato do PSB, é o terceiro, com 11%.

 

De acordo com o levantamento, Dilma conseguiria se reeleger já no primeiro turno porque seu percentual obtido é maior que a soma dos outros pré-candidatos.

 

No último levantamento do Ibope, realizado em abril, Dilma estava com 37%; Aécio, com 14%; e Campos, com 6%.

 

Na pesquisa divulgada nesta quinta, o pastor Everaldo Pereira (PSC) tem 3%. Eduardo Jorge (PV) e José Maria (PSTU) aparecem com 1%. Os demais pré-candidatos não pontuaram. Os que dizem que votarão em branco ou nulo somam 14%. O total de indecisos chega a 10%.

 

Aécio comentou que o resultado "confirma o crescimento do conjunto das oposições, mesmo com o grau de conhecimento dos candidatos muito menor do que o da atual presidente. O que aponta, cada vez mais, para um cenário de segundo turno".

 

Dilma e Campos ainda não haviam comentado a pesquisa.

 

O Ibope entrevistou 2.002 pessoas em 140 municípios entre os dias 15 e 19. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para baixo ou para cima. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-00120/2014.

Ampliar

"Tiroteio eleitoral"; veja frases115 fotos

112 / 115
9.mai.2014 - "O dado relevante é que (...) mais de 70% da população quer mudanças e mudanças profundas", afirmou Aécio Neves, pré-candidato tucano à presidência da República, comentando o aumento nas intenções de voto na pesquisa Datafolha Leia maisPedro Ladeira/Folhapress/Arte UOL

Avaliação do governo

A pesquisa do Ibope também mostrou que a avaliação do governo Dilma piorou. A proporção dos que consideram sua gestão ruim ou péssima subiu de 30% em abril para 33% em maio.


Escrito por Claudio Goes às 09h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis

banner_Sitrans